Instalando R no Windows

Olá pessoal!

Conforme comentamos em nosso primeiro post sobre a Linguagem R, sua distribuição é gratuita sob os termos do GNU. O desenvolvimento, assim como a distribuição são realizadas por estatísticos conhecidos, como os membros pertencentes ao seleto R Development Core Team.

A instalação do R está disponível em várias formas: códigos (escritos geralmente em C e algumas rotinas em Fortran) para máquinas Unix e Linux ou binários para Windows, Linux e Mac. Os arquivos necessários para instalar o R (códigos ou binários) são distribuídos no site da CRAN (Comprehensive R Archive Network).

Nota: Em relação a algumas distribuições do Linux, como o Debian, os binários geralmente estão geralmente disponíveis para as versões mais recentes. Se necessário pode-se encontrá-los também no site da CRAN.

Nesse post iremos realizar uma instalação para Windows 64 bits. Dessa forma precisamos de uma edição do Windows de 64 bits.

O instalador padrão do R combina 32 e 64 bits, pode ser instalado no mesmo local e compartilha todos os arquivos, exceto arquivos .exe e .dll e alguns arquivos de configuração no diretório etc.

Vamos conferir aqui os passos para esta instalação:

  1. Primeiramente devemos baixar o instalador de qualquer site da CRAN. Veja a lista aqui. No nosso caso vamos escolher a opção da Fiocruz, no Brasil.
    R_mirrors
    CRAN Mirrors


  2.  Clique em Download R for Windows. Note que temos as opções para Linux e Mac na mesma página.

    R_install1
    Versão Windows
  3. Clique em Download da última versão do Windows e salve o arquivo executável.

    R_install2
    Download
  4. Execute o arquivo e escolha o idioma.

    R_install3
    Idioma
  5. Aceite o Contrato de Licença.

    R_install4
    Licença
  6. Escolha o diretório de instalação e verifique se tem 1,2 MB de espaço livre em disco.

    R_install5
    Diretório de instalação
  7. Escolha os componentes que serão adicionados e verifique a necessidade do espaço em disco. Lembre-se de que estamos fazendo uma instalação de 64 bits e por isso escolhemos apenas este componente.

    R_install6
    Componentes
  8. Escolha a opção de inicialização. Deixamos o padrão.

    R_install7
    Inicialização
  9. Escolha onde ficarão os atalhos no Menu Iniciar.

    R_install8
    Menu Iniciar
  10. Escolha as tarefas adicionais se for interessante. Também mantemos o padrão.

    R_install9
    Tarefas Adicionais
  11. Aguarde a finalização.

    R_install10
    Instalando
  12. Pronto! É só clicar em Concluir.

    R_install11
    Conclusão
  13. Para acessá-lo clique no Menu Iniciar > Aplicativos > R

    R_icone1
    Ícone
  14. Essa é a tela inicial do R.

    R_tela
    Tela inicial do R
Pacotes

As instalações do R contém pacotes standard e vários pacotes que podem ser adicionados, de acordo com o interesse e a necessidade. Cada pacote possui uma documentação que pode ser consultada antes da sua implementação.

Abaixo temos os pacotes standard do R. Alguns deles são carregados na memória quando o iniciamos e podem ser exibidos através da função search:
> search()
[1] “.GlobalEnv” “package:methods”
[3] “package:stats” “package:graphics”
[5] “package:grDevices” “package:utils”
[7] “package:datasets” “Autoloads”
[9] “package:base”

Outros pacotes podem ser utilizados após o R terem sido carregados:

> library(grid)

A lista de funções em um pacote pode ser exibida desta maneira:

> library(help = grid)

Muitos pacotes foram adicionados à lista de métodos estatísticos disponíveis em R. Eles são distribuídos separadamente, e devem ser instalados e carregados em R. Uma lista completa dos pacotes está disponível na CRAN. Vários desses pacotes são fortemente recomendados, pois cobrem métodos estatísticos frequentemente utilizados para análises de dados. Na tabela a seguir temos um pequeno resumo:R_packagesExistem várias funções úteis para gerenciar os pacotes, entre elas: installed.packages, CRAN.packages, ou download.packages. Também é importante rodar regularmente o comando update.packages (abaixo) para verificar as versões dos pacotes instalados e suas possíveis atualizações na CRAN (este comando está no menu “Packages” no Windows):
> update.packages()

Para os desenvolvedores e cientistas de dados que já utilizam R dentro do Azure Machine Learning, existem mais de 350 pacotes pré-instalados. Para os desenvolvedores que estão iniciando na linguagem R para o Azure ML, a Microsoft disponibilizou um tutorial muito útil que vale a pena ser conferido.

Continuem acompanhando nossos posts sobre a Linguagem R e muito mais aqui no talkitbr. Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s