SAP no Microsoft Azure

Microsoft-Azure

Olá pessoal,

Neste post iremos abordar alguns aspectos referentes ao mercado do Microsoft Azure para soluções SAP. O Azure disponibiliza para seus clientes vários serviços confiáveis que podem ser utilizados nas implantações do SAP nas empresas. E apesar de nem todos os produtos SAP estarem ainda certificados e disponíveis, observa-se que há uma gama cada vez mais crescente de opções que podem ser facilmente integradas tanto por pequenos como médios e grandes clientes que optarem por utilizar o Azure como sua solução de nuvem.

Muitos gestores de TI acreditam, de forma equivocada, que uma migração para nuvem está limitada a redução de infraestrutura e custos com equipamentos, mas essa é apenas uma das vantagens oferecidas pela nuvem. Esses clientes podem contar com diversos recursos on-demand, incluindo escalabilidade, flexibilidade, alta-disponibilidade e suporte especializado, através de um gerenciamento simplificado e foco na redução de custos. Por outro lado, muitos também já entenderam como funciona o conceito de nuvem e agora estão decidindo sobre quais investimentos fazer. A Microsoft e a SAP estão buscando constantemente o aumento do seu portfólio de soluções para clientes.

Aplicações SAP no Microsoft Azure

Aqui estão os produtos certificados pela SAP para o Microsoft Azure. Podemos verificar nesta listagem que a Microsoft e a SAP suportam o SAP Business Suite, o SAP Business All-in-One, o SAP Netweaver, o SAP Adaptive Server Enterprise (SAP ASE) e o SAP HANA Developer Edition.

A Microsoft e a SAP almejam que seus clientes e profissionais de TI sejam capazes de implementar soluções pré-configuradas da SAP para o Azure, de uma maneira rápida e simplificada, utilizando a ferramenta SAP Cloud Appliance Library (solução on-demand para rápidas implantações SAP em um determinado provedor de nuvem). Com ela basta registrar uma conta no Azure, selecionar o produto desejado e a SAP cuida da entrega, implantação e configuração inicial da aplicação. Foram disponibilizadas diversas versões de produtos SAP, sempre com suporte standard disponível. A Microsoft e a SAP também disponibilizaram a integração entre o SAP BO e o Microsoft Power BI, através do Excel. Dessa forma, usuários do Excel poderão trabalhar tranquilamente com os dados do Business Objects utilizando uma interface bem familiar, que já estão acostumados.

Quando foi lançada, esta parceria foi vista com bons olhos por todo o mercado. De um lado, a Microsoft, como fornecedora de IaaS e SaaS, almejando um crescimento nesse mercado e buscando o retorno sobre seus investimentos. De outro, a SAP, como fornecedora de aplicações de negócios expandindo ainda mais seu domínio na área, agora direcionada para nuvem. Novos e atuais clientes da SAP vão poder aproveitar o modelo “pay-per-use”, do Microsoft Azure, reduzindo custos de infraestrutura e custo total de propriedade. Também poderão definir como utilizar os recursos do Azure para suportar as suas soluções SAP e modificar seus requisitos de computação, pagando apenas pelos recursos utilizados. Em relação ao licenciamento, clientes que possuem licenças SAP podem usá-las para implantação no Microsoft Azure.

SAP HANA Developer Edition no Microsoft Azure

Muitos profissionais de TI ficam na dúvida sobre qual a diferença entre o SAP HANA Developer Edition e o SAP HANA One. A resposta é que apenas o licenciamento. A edição para desenvolvedores liberada para nuvem só pode conter aplicações HANA em ambientes de desenvolvimento, teste e demo. A SAP não cobra nada pela licença, mas há custos para utilização do Microsoft Azure, arcados totalmente pelo usuário. Na edição que está certificada para o Microsoft Azure, desenvolvedores tem acesso ilimitado a tecnologia in-memory da SAP através de sua conta. Nela podem executar sua própria instância SAP HANA pré-configurada para criar aplicativos de análise de dados, usando qualquer linguagem, ferramenta ou framework. A SAP tem planejado (e tem muito interesse), através de investidas como esta, construir um ecossistema global de desenvolvedores SAP HANA. Veja nesse link o passo-a-passo para implementação do SAP HANA Developer Edition no Microsoft Azure

Disaster Recovery (DR) para SAP no Microsoft Azure

Uma das exigências feitas por gestores de TI quando resolvem optar pela nuvem é a de ter um plano adequado de Disaster Recovery para suas soluções SAP. A empresa parada significa prejuízo financeiro, redução da produtividade de funcionários, e até multas e penalidades, dependendo do ramo de atividade. Testes regulares de DR devem ocorrer para atestar sua funcionalidade e a confiança desses gestores na nuvem. No mercado concorrente atual, esse quesito acaba se tornando fundamental na escolha ou na troca do fornecedor do serviço. O planejamento e a implementação de um DR para sistemas SAP no Microsoft Azure deve atingir os requisitos do cliente, sejam eles orçamentários ou técnicos. Através do serviço Microsoft Azure Site Recovery, o Azure oferece a construção completa e facilitada de um DR protegendo suas VMs através da replicação e recuperação de nuvens privadas para um DR site próprio, um host ou um DR site Azure. As vantagens do Microsoft Azure Site Recovery são:

  • Maior resiliência e redundância;
  • Redução de custos, já que a cobrança de VMs só é feita caso haja uma situação real de desastre;
  • Testes constantemente realizados em ambientes desenvolvimento/qualidade, sem interrupções e/ou ameaças para ambiente produtivo;
  • Criação de procedimentos sequenciais de DR failover e failback.

Suporte para produtos SAP no Microsoft Azure

O cliente deverá seguir alguns pré-requisitos para garantir um suporte completo e adequado pela Microsoft e pela SAP, tanto na parte contratual como na parte técnica. Por questões contratuais, para trabalhar com sistemas SAP dentro do Microsoft Azure, um contrato mínimo “Microsoft Premier Support” deve estar assinado. As informações adicionais podem ser encontradas nos sites:

Microsoft Services Premier Support

Microsoft Premier Support for Microsoft Azure

SAP Notes around Azure released

Tecnicamente, para monitoramento, armazenamento e redes, as VMs e as instâncias SAP devem ser configuradas de acordo com os guides abaixo:

  • SAP NetWeaver on Microsoft Azure Virtual Machine Services – Planning and Implementation Guide;
  • SAP NetWeaver on Microsoft Azure Virtual Machine Services – Deployment Guide;
  • DBMS Deployment Guide for SAP on Microsoft Azure Virtual Machine Services.

Obs.: Os guias podem ser obtidos através do link

Basicamente, a SAP fornece o suporte para produtos e serviços SAP, e a Microsoft fornece suporte para os produtos e serviços da plataforma Microsoft Azure. Se a origem do problema não puder ser definida, Microsoft e SAP atuarão juntas na resolução. Para SAP HANA Developer Edition, o é feito através da comunidade de suporte SAP HANA.

Leia também

Em breve

Nos próximos posts abordaremos novidades e facilidades Microsoft para o mercado crescente de migração de aplicações de negócio para nuvem. Aguardem!

Anúncios